quinta-feira, 15 de março de 2012

Tudo embalsamado em substâncias químicas:
teu verso e tua pele e teu rosto na vidraça.
Tudo se perde aos mililitros.
Dissolvo teu choque em água quente,
talvez banho-maria.
(Nos filmes de autor
há sempre um portal a
insistir na possibilidade de
um suspense)
Suspense barato aos mililitros.
Suspense embalsamado em substâncias químicas.
Teu verso e tua pele e tua mão no meu rosto.
Aos mililitros.
(Isqueiro esperto
por que se esperou na fila
do banheiro)
Teu verso e tua pele
não meus
aos mililitros.

Nenhum comentário: