sexta-feira, 28 de maio de 2010

Eu andava a passear
pelas ruas da urbanidade:
comprei uma folha de plátano,
resgatei (apaguei?) uma memória,
comprei de um grupo de teatro,
comprei uma revista de teatro,
ganhei teatro de revista,
em plena XV de novembro,
sonho antigo abandonado
em prol da objetividade.
Vou fazer uma tese 
-  último resquício de objetividade -
(sondam-me novamente para o Nobel):
chovem pingos de cultura
"no fim do fundo da América do Sul".
Sob pesadas nuvens
(de cultura, vejam bem),
eu fujo do tempo:
captura impossível.

6 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Mas ainda posso capturar tua sombra ...

janaina brum disse...

Ainda bem que também posso capturar a tua! Bjs

Anne M. Moor disse...

Passeio pela XV vai junto com folha de plátano - só faltam as pedras regulares do paralelpípedo. Muito brinquei carnaval na XV!

Bjos
Anne

janaina brum disse...

Anne, que bom te ver e volta aqui! Bjos (torce por mim no dia 7)

Anne M. Moor disse...

Estarei no Congresso na UNISINOS mas torcerei com tudo! Boa sorte!

Beijão
Anne

Elaine disse...

Janaina,
Este é um comentário-convite. Quero convidar você para participar de uma mega promoção que está acontecendo lá no blog: sorteio de 1 exemplar do livro Perseguição digital. Para participar basta acessar este link e preencher o formulário. É simples e bem rápido. Espero você. Beijos e obrigada por acompanhar meu blog.