quinta-feira, 15 de abril de 2010

Daqui a pouco, todo este excesso e toda esta exaustão parecerão insuficientes.

3 comentários:

relendoomundo disse...

Mas afinal: o que nos é suficientemente suficiente?
Adoro teus escritos. Beijocas, Janaaaa!

Flavio Ferrari disse...

ô loco ... ta dura a vida, hein ?

Profano disse...

Acho que os excessos parecerão exaustivamente insuficientes e a exaustão insuficientemente excessiva.