terça-feira, 9 de junho de 2009


Te vejo no trabalho
aspiras tanto
cargo administrativo
e eu não suporto escritórios
troco minha cadeira de presidente
por tua vista diária em pé
pegando vento
e sendo gente
só olharei a tela de óculos escuros
quero discussões calorosas
sábado às oito da matina
e é por isso -
só por isso - que vou
ao teu encontro
contagem regressiva
sentarás na cadeira
de presidente
e eu estarei feito pássaro
entre os pássaros
habitat natural

4 comentários:

Zisco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Zisco disse...

Difícil ser como vc, impossível não depender do teu conhecimento e erudição.

A Palavra Mágica disse...

Janaina,

Aspirar a liberdade é bom, mas qual liberdade?

Beijos!
Alcides

Teresinha Brandão disse...

Que importa qual a liberdade...?
Lindo poema, Jana!
Sê livre. E basta!
Bj!
Tê!