quarta-feira, 3 de junho de 2009

Fim do dia
e eu não vejo nenhum arco-íris
entre os prédios
entre os altos e baixos
prédios da rua
do dia.
Ninguém olha para os lados em dias frios.
Roupas cinzas
rostos cinzentos
nenhum sorriso.
Quem disse que eu te daria bom dia?
Quem disse que teu dia seria bom?
Antes, a culpa era minha
Agora, me deleito
sem remorsos
sem saudades
sem amores.
Espero o retorno dos
junhos
uns sobre os outros.

3 comentários:

Zisco disse...

Adororo junhos, julhos, e agostos, sou do frio.

Janaina Brum disse...

So do frio e do calor, Zisco, mas prefiro sempre os abris, os maios, os outubros e os novembros!
Beijos

A Palavra Mágica disse...

Janaina,

Eu já prefiro os janeiros e setembros.

Beijos!
Alcides