segunda-feira, 11 de maio de 2009


Pauta de vinho
tinto
cabernet-sauvignon
magias celtas
fluido dos druidas
rock anos 80
toca
e avalanche
leva tudo
minha máscara
meus princípios

Sou toda tua
inteira
novamente

10 comentários:

Ricardo Kersting disse...

Segundo a mitologia Gaulesa, uma divindade chamada Amora criou o vinho, deu para Cernunus beber e depois o seduziu. A parte engraçada da coisa é que eles eram irmãos. Nada a ver, mas teu poema é tão profundo quanto o fundo moral dessa lenda.
Um abração.

Rafael disse...

Muito belo!

A Palavra Mágica disse...

Janaina,

Poder se entregar sem pudor é bom
Extravasar nossa alegria
Entre a magia e um cabernet-sauvignon
E ao som de um bom Rock and roll.

Um beijo!
Alcides

leo disse...

Belíssimo texto!
Parabéns!
Foi um grande prazer ler-te.
Abraço!

leo disse...

Belíssimo texto!
Parabéns!
Foi um grande prazer ler-te.
Abraço!

Janaina Brum disse...

Obrigada, meninos!
Sempre bem-vindos!
Bjs

Anônimo disse...

O celtas com s foi proposital??

Janaina Brum disse...

Não, F., foi lapso...

Zisco disse...

Tá bom , mas "Engenheiros" não é rock, dava pra colocar este poema em algo bem melhor, tem muita gente boa por aí.

DEISI disse...

PERFEITO!!