segunda-feira, 18 de maio de 2009


Domingo de borboletas amarelas
Ai, as descobertas de filosofias
divinas e pagãs!
Se estamos juntas?
Não, unidas
Unidas por histórias e esperanças
de boas novas
e Bossa Nova
e Bossa Nova

Não, não é domingo
é dia de sol e promessas de calor
Reatando os fios da vida
contamos passados
e construímos laços
Tantos anos de "bom dia"
e "até amanhã"...
É PORQUE TINHA DE SER AGORA




Para Grazi

3 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Janaina,

Mesmo que sem perceber, seja agora e sempre!

Beijos!
Alcides

Anne M. Moor disse...

Estamos sempre reatando 'os fios da vida' Jana... esse é o encanto da vida :-)

Beijão

Zisco disse...

Muita pressa , mas ainda paro para olhar tua borboleta amarela, se deixarem , se o tempo não me atropelar.