quarta-feira, 18 de março de 2009


Este néon todo no céu
do teu olhar...
Todo texto intertextualidade
não me liberto das malhas do discurso
e me aproveito da teoria para escrever
o meu poema
palavra não-dizer
do meu impulso

Nas ruas escuras de uma cidade histórica
penso versos sem nome
e não sou dona do meu mundo

Nas imediações da matriz
reclamo direito autoral
e toda palavra se parece com um acidente
da minha voz

Quero carnaval ensurdecedor
mas ele já passou pela avenida
não me esperou
desaforo do tempo
enquanto eu ensaiava uma palavra minha
despida de todo ranço
na academia frouxa
passou o trem e eu
eu me libertei

15 comentários:

Zisco disse...

"Libertas Quae Sera Tamen"

Ainda bem que vc está livre para escrever o que quiser, pq quando vc quer vc faz coisas lindas.

Bjs!

A Palavra Mágica disse...

Janaina,

Que pérola!

A imagem da foto lembra bem o silêncio.

Beijos!
Alcides

Flavio Ferrari disse...

Normalmente faço isso por impulso e sem pensar ... fica melhor.
Mas como você encomendou ...

É inteligente, escreve bem, com elegância e segurança.
Demonstra uma estabilidade emocional e maturidade acima da média para garotas da sua idade.
Isso indica uma boa base familia e a presença de referências firmes, afetivas e honestas. Mas tembém um ambientes doméstico de liberdade de pensamento.
Está terminando ou é formada em algum curso de humanas. Provavelmente letras.
Sempre namora sério embora não dispense uma paquera. Não é de "ficar" em baladas.
Prefere namorados um pouco mais velhos. Já amou, mas ainda não encontrou alguém que lhe despertasse uma dequelas paixões que tiram a gente do eixo. Tampouco está desesperada por isso.
Normalmente alegre e bem humorada. Gentil, atenciosa, preocupada com problemas sociais.
Detesta agressividade.
Organizada mas não metódica; algo romântica, mas não em excesso.
Muitos colegas. Poucas amizades. Dá mais do que recebe nas relações.
Vagueia pela internet motivada pela curiosidade e o instinto analítico
Gosta de conhecer pessoas e pensamentos novos.
É muito boa gente ...

Anne M. Moor disse...

Muito boa gente FF :-) Trabalhamos juntas há uns anos e voltei a encontrá-la por aqui ou melhor dizendo, ela me encontrou!!!

Jana,
Adorei este teu poema em forma de contação de histórias!!! Trouxe atona o teu sorriso que está sempre contigo. Saudades...

Beijão

Janaina Brum disse...

Zisco, depois da prisão do mestrado, do cuidado que tive que tomar ao escrever a dissertação, quero a liberdade da poesia!
BJs

Janaina Brum disse...

Alcides, obrigada pelo elogio, sejas sempre bem vindo!

Janaina Brum disse...

Flávio! Não achei que me levarias a sério!!! KKKKK! Olha, tem coisas que escreveste que são verdade, me formei em letras em 2007! Mas foste muito bonzinho, não?
Bjs

Janaina Brum disse...

Anne! Obrigada! É sempre bom te ver passeando por aqui! Volta sempre, viu?
Bjs

Janaina Brum disse...

Não vou aguentar, vou ter que comentar o perfil que o FF fez de mim!
Fala sério, né, FF, queria levantar minha auto-estima!
Bom, minhas base familiar é, sim, sólida, mas a liberdade de pensamento não era tão liberada assim, meu pai é linha dura!
Como já disse, sou formada em Letras, sim, pela UFPel, onde trabalhei com a Anne (a minha primeira "chefe"! Hehehe).
Não é sempre que namoro sério, não, acho que o namoro prende um pouco... Gosto de baladas, já fui de "ficar", quando era mais nova, mas agora estou numa fase "light". Não me divirto mais com isso!
Meus "namorados" êm geralmente a minha idade e alguns ainda são mais novos...
Não estou desesperada nem com pressa de achar uma paixão que me tire do eixo... confesso que é difícil, mas já me tiraram, sim... Já amei, mas agora "tô na manha", cuidando de outras coisas na minha vida.
Sou geralmente alegre e bem humorada... aliás, quando estou mau humorada, as pessoas costumam achar engraçado!! Até que sou educadinha, sabe??
Me preocupo com problemas sociais, é por isso que esse ano vou "dar uma banda" como aluna especial em um mestrado de Ciências Sociais.
Detesto agressividade, realmente, mas devo confessar que sou agressiva às vezes (com quem merece, claro)...
Organizada???? Eu???? Olha, vcs não conhecem alguém mais desorganizado do que eu! Agora mesmo, estou em busca de um livro que peguei na biblioteca da universidade e não sei onde coloquei... o pior de tudo, é que já me tiraram do sistemae tenho só até amanhã para entregar... se fosse só comprar o livro para a biblioteca, tudo bem, já esqueci os prazos milhões de vezes e paguei milhões de multas, só que o livro em questão está esgotado... uff!
Dou mais do que recebo geralmente nas relações. Freqüentemente me decepciono, mas não me arrependo por ser assim, vale a pena, às vezes encontramos pessoas que são dádivas e que se aproximam por sermos assim, não é, Tê???
Tenho verdadeira TARA por pensamentos e idéias novas! É isto que faço na internet: procurar e analisar! Acertou em cheio!
Há quem ache que sou muuito boa gente... e há quem ache que eu não presto... eu, particularmente, me esforço pra ser boazinha, mas nem sempre dá, né? Heheheheh

Adorei a brincadeira!! Podíamos fazer uma roda virtual! kkkk
Fui!

Flavio Ferrari disse...

Até que não fui tão mal ... E a intenção não era elogiar ... apenas traduzi a sensação do momento ...

mangapinto disse...

Amiga, que maravilha, muito profundo o seu poema. A imagem nos traz calma e nostalgia.Parabéns.

abraços - Mangarosa

Flavio Ferrari disse...

Seu livro está embaixo de uma pilha de papeis, ou revistas ...
Você praticamente não leu ... só deu uma folhada e colocou de lado junto com outras coisas.
Não achou quando procurou porque ele é fino e passou desabercebido ....

Janaina Brum disse...

Heheheh! Praticamente não li mesmo, ele provavelmente está embaixo de uma pilha de outras coisas, mas qual? São tantas... hehehe

Flavio Ferrari disse...

Se você mora sozinha, na cozinha.
Se mora com os pais, no seu quarto, ao lado da cama, na parte de baixo do criado mudo.

Janaina Brum disse...

FF, ainda não achei o livro, já procurei na cozinha... hehehehe
Pode ser que esteja embaixo do criado-mudo! Vou ver, bjs!