domingo, 15 de fevereiro de 2009

surpreenda-me amigo oculto
diga-me que a literatura
diga-me que teu olhar
tão terno
diga-me que neste burburinho
me desejas mais que outro
diga-me uma palavra única.


Ana Cristina Cesar (In: Inéditos e Dispersos)

Nenhum comentário: