sábado, 21 de fevereiro de 2009

digo redigo refaço
recorto paisagens do dia
abraço

porta castigo cansaço
dedico poemas de um guia
compasso

digo desdigo desfaço
arcos da minha alegria
devasso

antes distante
te amo
te olho
te curvas
faço rimas
o amor
diminui
telegráfico

te digo
refaço
cansaço
na folha

te olho
me cego
me curvo
te amo

te rimo
me olho
te cego
me amas
e o poema me cria
tua

Janaina Brum

6 comentários:

€sterança disse...

Oi Janaína!

um convitinho especial para vc:


Estou passando nos blogues amigos para convidá-los a participarem da Blogagem Coletiva sobre “INCLUSÃO SOCIAL” que acontecerá no próximo dia 09/03/2009.

Ficarei muito feliz de poder contar com sua participação!
Se for participar, por gentileza, deixe um recado no blog Esterança.

Desde já, muito grata!

Ester.

Jaquelyne disse...

Depois de percorrer essa "estrada" parei um pouquinho para descansar e te parabenizar!
Pareceu-me um poema de Ana Cristina César!
Gosto muito do que vocês duas escrevem!
Beijos=*

Zisco disse...

Moça, passei aqui para te ver e te ler, adorei como sempre.
Eu já estou dentro da blogagem coletiva da Ester, vou colocar no nosso blog tb se vc não se incomodar, aguardo por vc para decidirmos juntos, bjs!

Janaina Brum disse...

Ester, sou um pouco ignorante sobre essas coisas de "blogagens, mas vou lá no teu blog para ver como é, e com certeza participarei! Obrigada pelo convite!!

Jaque, que bom te ver por aqui! Sabes que sou tua fã!! E sabes também da influência da Ana Cristina no que eu escrevo! UM beijão!

Zisco, amado, podemos colocar o nosso blog na blogagem coletiva da Ester, só tenho que ver como isso funciona direitinho!

Bjs a todos!

Zisco disse...

Jana,

mandei um convite do orkut para vc, pode ser que a Ester fique braba, ela é um pouco ciumenta, kkkkkkk!!!!!!!!

O link que vc colocou no selo da blogagem está errado.

Este poema fica mais bonito a cada vez que venho ler, me curvo diante de teu talento.

Muitos bjs!

Janaina Brum disse...

Zisco, está adicionado no orkut! Já arrumei o link!!!
Que bom que gostaste do poema! Escrevi por causa da foto, que tirei em um dia de temporal (adoro!) aqui em Pelotas!
Um beijo, Jana