domingo, 9 de março de 2008


Não sei:
Não saberia dizer
O que me aconteceu
Quando te perdi de vista

Meus olhos desarmaram
E eu queria mais estar na tua
Visão
No teu horizonte
Eu queria o teu futuro
As tuas mãos
Queria olhar
O teu olhar
E saber que era só meu
Queria teu ímpeto
Teu sono
Tua visão

Eu era mar revolto
nuvem baixa
Que não podia tocar

Mas eu era:
Queria restar
Na tua lembrança
Ver o teu sorriso
Mas eu era
A tua contramão


Jana